22 abril 2011

A imagem que fala

"[...] costuma-se dizer que imagens falam quando é intenso o seu poder de penetração comunicativa [...]." (SANTAELLA e NÖTH, 2010, p. 219)
Quando se pensa nos aspectos a serem considerados para falarem aos sentidos, tudo se inicia com a parte qualitativa. Se fala de aspectos que "[...] produzem impressões relativas ao modo como algo se apresenta à percepção. São eles: coloração, luminosidade, textura, linhas e formas , figuras e composição, movimento, volume e proporção, etc." (SANTAELLA e NÖTH, 2010, p. 220)
Tudo isto procura dar sugestões, seja para fazer-se uma associação de ideias, seja para relembrar similaridades, ou mencionar as possíveis relações de metáforas existentes.

FONTE: Santaella, Lucia, Nöth Winfried. Estratégias semióticas da publicidade. São Paulo:Cencage Learning, 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.